DOUTRINA

DECLARAÇÃO DOUTRINÁRIA

(Dogmática e Prática)

  1. Cremos na salvação oferecida por Deus exclusivamente pelo sacrifício de Seu Filho Jesus na cruz, que derramou seu sangue para a remissão de nossos pecados e para a justificação de nossas iniqüidades perante Deus.
  2. Cremos que essa salvação é instrumentalizada pela graça de Deus através da fé em Cristo Jesus.
  3. Cremos que Jesus Cristo ressuscitou dentre os mortos ao terceiro dia e assunto aos céus, está assentado à direita do Pai e reinará assim até a consumação de todas as coisas.
  4. Cremos que esse mesmo Jesus voltará para arrebatar sua igreja e também estabelecerá seu reino milenar na terra.
  5. Cremos que a Igreja é o corpo místico de Cristo na terra e também sua noiva a quem Ele tomará para si.
  6. Cremos no novo nascimento, na filiação divina, na santificação do Espírito Santo, no bom testemunho e numa vida separada do pecado.
  7. Cremos que a Palavra de Deus, a Bíblia, é inspirada por Deus, infalível, inerrante e suficiente como revelação sobre Deus e se constitui a nossa única regra de fé e prática.
  8. Cremos que o batismo nas águas por imersão é uma ordenança neotestamentária e assim o realizamos por ocasião da inserção do novo convertido à membrezia local da igreja.
  9. Cremos na realização da ceia do Senhor como uma ordenança e símbolo de nossa comunhão com Ele e com sua igreja.
  10. Cremos na operação dos dons do Espírito Santo em nossa geração com a finalidade de proveito comum e útil para a realização da obra do Senhor e edificação da igreja como declarado em 1 Coríntios 12 ao 14.
  11. Cremos que cada cristão deve desenvolver o ministério pessoal que Deus tem para si, envolver-se na evangelização e missões, contribuir para isso, ser fiel em todas as coisas e ser um referencial para o mundo como sal e luz.
  12. Cremos no mistério da trindade divina, coexistindo Deus em três pessoas distintas e perfeitamente unidas como Pai, Filho e Espírito Santo.
  13. Cremos na dupla natureza de Cristo Jesus unindo em si mesmo a perfeita expressão: Deus-homem
  14. Cremos que o sangue de Jesus é suficiente para pagar o preço de nossos pecados e nos reconciliar com Deus não sendo mais nada necessário nem outra forma de sacrifício.
  15. Cremos que um dia todos os mortos e vivos serão julgados por Deus e os que forem achados inscritos no livro da vida do Cordeiro viverão eternamente num novo céu, em uma nova terra e na nova Jerusalém. Os que não estiverem inscritos no livro da vida serão banidos da presença de Deus eternamente e lançados no lago de fogo.
  16. Cremos na autoridade do nome de Jesus, em sua vitória sobre o diabo e seus demônios, em sua vitória sobre todas as obras das trevas.
  17. Cremos que os anjos de Deus são espíritos ministradores, auxiliares enviados por Deus para servirem àqueles que irão herdar a vida eterna.
  18. Cremos que não é possível haver ecumenismo protestante-evangélico com as demais religiões e seitas heréticas, embora possa ser tolerado ajuda mútua em atos sociais que gerem benefícios aos mais necessitados.
  19. Cremos que o homem é responsável pelos seus próprios pecados, que esses mesmos o condenarão e por isso acreditamos no livre-arbítrio dispensado por Deus a todos.
  20. Cremos que o homem deve se arrepender de seus pecados cometidos contra Deus e sua Palavra, crer no evangelho de Jesus, pois, sem arrependimento lhe é vedada a entrada no reino dos céus.
  21. Cremos que a igreja local é parte do corpo místico de Cristo, na autoridade pastoral como condutor espiritual do rebanho de Deus, nos ofícios e funções ministeriais de organização e administração eclesiásticas mostradas nas Escrituras.
  22. Cremos que para Deus nada é impossível e que por meio de Jesus, Ele pode solucionar todos os problemas e satisfazer todos os anseios do ser humano.
  23. Cremos que a Igreja de Jesus nasceu para cumprir os propósitos de Deus na terra, portanto, ela é a agência autorizada de Deus na execução de Seus planos e no estabelecimento de Seu Reino, embora dela Ele não dependa para executá-los.
  24. Cremos na boa convivência e paz entre os seres humanos, não apoiamos as guerras, nem a intolerância religiosa de nenhuma espécie e cremos que a todos é assegurado o direito de prestar ou não culto a Deus, independente do destino eterno atribuído ao final a quem quer que seja.